Marcha atrás e Inversão do sentido de marcha

IM1

logotipo Esc. Ribeiro

 


Para a generalidade dos condutores, a execução das manobras de marcha atrás e de inversão do sentido de marcha não constitui grande dificuldade.

No entanto e a exemplo de outras manobras, a execução incorreta destas manobras também dá origem à ocorrência de acidentes rodoviários por falta de cumprimento das regras que as sustentam, sobretudo ao nível de segurança.

Por definição a marcha atrás é uma manobra que permite ao condutor circular com o veículo em sentido contrário à sua marcha normal e, na mesma via de trânsito, pelo que deve ser realizada lentamente e no menor trajeto possível.

IM2

Nas passagens para peões é sempre proibido efetuar marcha atrás e inverter o sentido de marcha

Atendendo às suas especificidades, a marcha atrás só é permitida como manobra auxiliar ou de recurso. Enquanto manobra auxiliar, ajuda à realização do estacionamento, ao passo que, enquanto manobra de recurso, permite recuar o veículo até a um local mais largo para permitir o cruzamento com outro veículo (vias estreitas), ou ainda, para inverter o sentido de marcha, quando necessário.

IM3

Utilize sempre os espelhos retrovisores e sinalize as manobras

A título de curiosidade, em Portugal, a luz de marcha atrás nos automóveis não é obrigatória, a não ser que o veículo venha equipado com a mesma, caso em que deverá estar sempre em condições de utilização. Uma vez que faz parte do sistema de iluminação, só pode ser de cor branca e não pode iluminar a mais de 10 metros.

No que respeita à manobra de inversão do sentido de marcha, consiste na colocação do veículo em sentido oposto àquele em que seguia, podendo ser realizada de uma só vez (quando a largura da via o permita) ou utilizando a marcha atrás, como manobra de recurso.

IM4

A realização destas manobras em autoestrada pode constituir um crime

A marcha atrás e a inversão do sentido de marcha são manobras proibidas nas lombas, curvas e cruzamentos ou entroncamentos de visibilidade reduzida, pontes, passagens para peões ou ciclistas, túneis, autoestradas e vias equiparadas, passagens de nível, e sempre que da sua realização possa resultar perigo ou embaraço para o trânsito.

A inversão do sentido de marcha é ainda proibida nas vias de sentido único.

O desrespeito das regras e sinais relativos a estas manobras, constitui contraordenação muito grave nas autoestradas e vias equiparadas, grave nas restantes vias públicas, podendo ainda constituir um crime.

Com o apoio de:

Diário do Minho

Publicado em: Terça-feira, 19 de Janeiro de 2016

2 thoughts on “Marcha atrás e Inversão do sentido de marcha

Comments are closed.